v. 1, n. 1 (2019)

XV ERIC – FAFIMAN 2019.

Dentre as formas de divulgação da ciência, estão os eventos de Iniciação Científica. Os cientistas, para difusão das suas pesquisas, sobretudo dos resultados parciais, não optam, de imediato, por meios convencionais, mas recorrem a pré-edições versões provisórias e comunicações em eventos e congressos. Objetiva-se, assim, discutir as vantagens desses encontros, na atualidade, com enfoque sobre as modalidades de apresentações e de apresentadores, acrescentando reflexão sobre os eventos científicos como recurso para a comunicação científica.
Os tempos mudaram e as mudanças prosseguem. Alcançam todos os setores da vida humana, incluindo, com força total, as atividades científicas e tecnológicas, imprescindíveis ao processo desenvolvimentista das diferentes nações.
Mais do que antes, o homem contemporâneo percebe a ciência não somente como soma dos conhecimentos humanos historicamente acumulados ao longo dos séculos, mas, essencialmente, como processo que visa à produção de novos saberes, estruturados com métodos, teorias e linguagens próprias, que visam compreender e, portanto, a orientar a natureza e as atividades humanas.
Ora, se a ciência está a serviço da sociedade, a divulgação de resultados das pesquisas empreendidas constitui etapa fundamental às suas ações, tanto para permitir que a população tire proveito dos avanços, como para legitimá-los.
Ao contrário do que ocorre em outras áreas da vida social, na atividade científica prevalece a desconfiança e/ou a suspeição do julgamento, até que as evidências sejam devidamente comprovadas. Tal ceticismo sistemático, segundo o qual a ciência não legitima os novos conhecimentos de forma dogmática, concorre para o estabelecimento de disciplina intelectual rígida e padrões críticos elevados para os cientistas, diante dos próprios resultados.
O cientista lança mão de recursos diversificados para difusão das suas descobertas, que vão desde os mais informais aos eletrônicos, preferencialmente, de forma concomitante, porquanto eles não são antagônicos, mas sim, complementares. Os cientistas registram as suas pesquisas com maior precisão graças à elaboração de capítulos de livros, artigos de periódicos, comunicações em eventos técnico-científicos e outros meios. Isto requer estruturas abrangentes, entre as quais estão associações profissionais, programas universitários de graduação e pós-graduação, docentes da mesma disciplina e acadêmicos.
Quando da popularização dos conhecimentos gerados, os esforços empreendidos pretendem tornar a ciência acessível ao grande público, por meio de intermediários, como jornalistas e editores, os quais se posicionam como mediadores entre o pesquisador e sociedade.
A Iniciação Científica da FAFIMAN tem por objetivo promover o Evento denominado ERIC como forma de reflexão e divulgação da ciência.
Seja bem-vindo(a) ao XV ERIC – FAFIMAN 2019.

Sumário

Resumos

ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF

Artigos

ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF
ERIC FAFIMAN
PDF