Edições anteriores

2017

v. 1, n. 1 (2017): XIII ERIC

Quando, no século XVII, Galileu Galilei apresentou sua teoria revolucionária a respeito de conceitos astronômicos que foram de encontro a uma ordem milenar estabelecida, propondo a teoria do heliocentrismo, tal verdade trouxe reflexos em todas as áreas do conhecimento humano.
O resultado de suas pesquisas não partiu do zero, resultou do acúmulo de conhecimentos adquiridos ao longo tempo. Os estudos não pararam em Galileu. Assim tem sido a evolução da ciência desde o homem primitivo com as invenções e descobertas. 
O estágio no qual a ciência se encontra evidencia uma relação com o “já-vivido”, “já-visto”, “já-feito” (BARTHES, Roland. S/Z.). No século XXI, as transformações ocorridas estão proporcionando mudanças radicais. A humanidade terá que se adaptar a essa revolução cientifica, como sempre fez ao longo da história. 
Profissões deixam de existir e novas surgem, métodos de ensino acadêmico deverão ser revistos, conteúdos programáticos adquiridos nas escolas terão que levar em conta todo suporte tecnológico facilmente disponível aos estudantes. Um exemplo emblemático é o telefone celular, uma porta de entrada a informações inimagináveis até então. 
A relação entre as pessoas entra num estágio como nunca antes visto na história. Vivemos uma época de transição da aquisição do conhecimento, na qual conceitos arraigados à sociedade serão substituídos. 
Nesse sentido, a FAFIMAN, como espaço privilegiado para o debate de ideias sistematizadas, promove o XIII ERIC – Encontro Regional de Iniciação Científica, com o objetivo de proporcionar um momento oportuno para apresentação de pesquisas acadêmicas.
A ciência continua caminhando, muito ainda é desconhecido. A FAFIMAN espera contribuir para a leitura deste período de mudanças profundas na busca e na prática do conhecimento. O mundo não será o mesmo.

Seja bem-vindo(a) ao XIII ERIC –  FAFIMAN 2017.


1 a 2 de 2 itens