O PROCESSO DE LIRICIZAÇÃO DE UM SROPO DA VIDA, DE CLARICE LISPECTOR

Diego Luiz Miiller Fascina

Resumo


Este artigo objetiva investigar de que maneira se dá o encontro entre
poesia e prosa romanescaem , texto póstumo de Clarice
Lispector, e demonstrar como se processa o amalgamento das categorias
da narrativa com os modos líricos, que resulta na hibridez do gênero
narrativo romanesco ou, mais especificamente, no romance lírico.
Inspirado nas teorias existencialistas, especialmente em Jean-Paul
Sartre, o texto clariceano empreende uma indagação acerca do existir,
tentando compreender a condição humana. Os questionamentos mais
íntimos e as emoções mais profundas, por pertencerem à parte abissal do
ser-aí, não podem ser expressos pelo dizer comum, de modo que o
narrador e Ângela Pralini assumem, então, um discurso poético-lírico,
altamente sugestivo. Para viabilizar o trabalho de análise, são
convocados alguns teóricos do assunto, tais como Ralph Freedman e
LuziaTofalini, além de estudiosos da obra clariceana.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Diego Luiz Miiller Fascina