MOTIVAÇÃO DE ADOLESCENTES DE 10 A 18 ANOS EM PARTICIPAR DE PROJETOS QUE ENVOLVAM A PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS

Márcia Cristina Polles, Cynthia Correa Lopes Barbosa

Resumo


Os fatores motivacionais constituem um dos principais elementos que impulsionam os adolescentes à pratica de atividades físicas. A motivação precisa ser acompanhada porque auxilia na freqüência e na permanência da participação em projetos, aspectos importantes para que possam alcançar os benefícios esperados. Objetivos: investigar os motivos que levam os adolescentes a participarem dos projetos que envolvem a prática de atividade física da cidade de Mandaguari-PR; verificar se existem diferenças relacionadas ao gênero e à característica do projeto; analisar se há distinção dos fatores motivacionais conforme a classificação sócio-econômica. A amostra compreendeu 64 adolescentes, 15 rapazes e 49 moças, com média de idade igual a 13,38 anos com desvio-padrão de 2,47 anos. Para coleta de dados utilizou-se o Questionário de Motivação para as Atividades Desportivas (QMAD) e o questionário de Critério de Classificação Econômica Brasil. Para análise estatística utilizou-se freqüência relativa para as prevalências, teste Mann-Whitney e de qui-quadrado para diferenças entre os grupos e qui-quadrado para associações. Os principais resultados apontaram que a subescala aperfeiçoamento técnico foi considerada pela maior parte das moças como de alta importância, caracterizando motivos intrínsecos. Entre os rapazes, as subescalas contextual e atividade em grupo foram as mais referidas como de alta importância, caracterizando motivos extrínsecos. A comparação entre projetos revelou a subescala contextual e atividade em grupo como alta importância no projeto A e aperfeiçoamente técnico e influência de familiares e amigos no projeto B. A análise quanto à associação das variáveis nível sócio-econômico, sexo e tipo de projeto com cada subescala de fatores motivacionais revelaram associação significativa estatisticamente apenas entre a variável tipo de projeto com a subescala contextual. Diante da importância dos fatores motivacionais para a prática de atividades físicas e do fato de cada grupo apresentar motivos próprios para a participação, melhores intervenções serão propostas a partir da avaliação específica de cada grupo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Márcia Cristina Polles, Cynthia Correa Lopes Barbosa