RISCOS OCUPACIONAIS PARA A SAÚDE DE ENFERMEIRAS EM UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA / OCCUPATIONAL RISKS FOR THE HEALTH OF NURSES IN FAMILY HEALTH UNIT

Juliana Tanan Matos, Thiago da Silva Santana, Anderson Reis de Sousa, Maria Lúcia Silva Servo

Resumo


Objetivo: analisar os riscos ocupacionais para a saúde de enfermeiras que atuam em Unidade de Saúde da Família. Métodos: estudo descritivo-exploratório, qualitativo, desenvolvido em um município da Bahia, Brasil, com cinco enfermeiras atuantes nas cinco unidades de saúde do município. A coleta de dados ocorreu nos meses de maio a junho de 2015, com a aplicação de questionário semiestruturado. As entrevistas após gravadas e transcritas foram analisadas por meio da Análise de Conteúdo. Resultados: O entendimento das enfermeiras acerca dos riscos ocupacionais perpassa por atividades insalubres e perigosas, cuja natureza advém de condições de trabalho relacionadas aos riscos físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e psicossociais, o que pode provocar ou agravar problemas de saúde. Dentre os riscos ocupacionais identificados, os biológicos foram os mais citados, seguido dos riscos psicossociais e antiergonômicos; os físicos e químicos foram menos citados. Considerações Finais: A elevada exposição aos riscos ocupacionais prejudica a saúde da enfermeira. Há, portanto, uma necessidade de buscar melhores condições laborais para esta categoria, objetivando aumento na qualidade de vida no trabalho de enfermeiras que atuam na Unidade de Saúde da Família. Descritores: Riscos Ocupacionais; Saúde do Trabalhador; Saúde da Família; Enfermeira.

Texto completo:

PDF PDF-ING

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2596-0342