MORTALIDADE POR DOENÇAS CRÔNICAS E CAUSAS EXTERNAS: ANÁLISE TEMPORAL EM UMA MICRORREGIÃO DE SAÚDE DE MINAS GERAIS / MORTALITY DUE TO CHRONIC DISEASES AND EXTERNAL CAUSES: TEMPORAL ANALYSIS IN A HEALTH MICROREGION IN MINAS GERAIS

Elvis Maciel Jorge, Magda do Carmo Parajára, Erica Costa Rodrigues, Adriana Lúcia Meireles

Resumo


Objetivo: Descrever a tendência das taxas de mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) e causas externas (CE) na microrregião de saúde de Ouro Preto e compará-las às taxas de mortalidade de Minas Gerais (MG) e do Brasil. Métodos: Estudo ecológico, da série histórica, com dados secundários de óbitos provenientes do Sistema de Informações de Mortalidade e estimativas populacionais obtidas da Rede Interagencial de Informações para a Saúde e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, entre 2006 e 2015. As taxas de mortalidade foram ajustadas pela idade, segundo a população padrão mundial, e expressa por 100.000 habitantes. Resultados: Evidenciou-se tendência de redução na taxa de mortalidade por DCNT nos municípios de Itabirito (-11,91%) e Ouro Preto (-30,21%), a mesma tendência identificada em MG e no Brasil. No município de Mariana observou-se aumento (5,54%). Identificou-se tendência de crescimento das taxas de mortalidade por CE, ao longo de todos os anos estudados nos três municípios, em MG e no Brasil, sendo o município de Mariana o que apresentou a maior variação (253,54%). Conclusão: No período avaliado, houve diminuição na taxa de mortalidade por DCNT na microrregião de saúde, exceto no município de Mariana, e aumento da taxa de mortalidade por CE. Descritores: Mortalidade; Doenças Não Transmissíveis; Causas Externas; Distribuição Temporal; Epidemiologia Descritiva.

Texto completo:

PDF PDF-ING

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2596-0342