PERFIL SOCIAL, CRIMINAL E DE SAÚDE DE MULHERES ENCARCERADAS EM UMA UNIDADE PRISIONAL/SOCIAL, CRIMINAL AND HEALTH PROFILE OF WOMEN INCARCERATED IN A PRISON UNIT

Thassia Carolina Dalmagro, Priscilla Higashi, Silviane Galvan Pereira, Isabel Fernandes de Souza

Resumo


Objetivo: Apresentar o perfil social, criminal e de saúde de mulheres encarceradas em uma unidade prisional. Métodos: Pesquisa observacional e descritiva, de abordagem quantitativa, realizada em um município do Sul do Brasil. Para a coleta dos dados foi utilizado o instrumento de pesquisa “Questionário dos Perfis Social, Criminal e de Saúde”, composto por 39 questões. Os dados foram coletados com 102 reclusas, entre setembro e outubro de 2019 e analisados por meio de estatística descritiva. Resultados: O perfil social se caracterizou por mulheres jovens, solteiras, brancas e com baixa escolaridade. Antes da reclusão, possuíam ocupação profissional, renda e parceiro. Quanto ao perfil criminal, a maioria era reincidente no tráfico de entorpecentes/drogas, julgadas, condenadas, com pena superior a 8 anos, em regime fechado e sem vínculo empregatício na prisão. Referente ao perfil de saúde, consideravam sono, alimentação e saúde mental ruins. A maioria relatou não ter doenças pré-existentes e classificou a assistência em saúde, na prisão, como ruim. Conclusão: As reclusas, em geral, eram jovens, de baixa escolaridade, reincidentes criminalmente por tráfico de drogas, em regime fechado e referiram-se estar insatisfeitas com o sono, alimentação, saúde mental e assistência em saúde na prisão. Descritores: Saúde da Mulher; Assistência à Saúde; Prisões; Perfil de Saúde; Assistência Ambulatorial.

Texto completo:

PDF PDF-ING

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2596-0342