COMPLICAÇÕES EM PACIENTES SUBMETIDOS À INTERVENÇÃO CORONÁRIA PERCUTÂNEA / COMPLICATIONS IN PATIENTS SUBMITTED TO PERCUTANEOUS CORONARY INTERVENTION

Angélica Zanettini, Juliane Christofari da Silva, Mateus Guilherme Boeno, Marisa Basegio Carretta

Resumo


Objetivo: identificar o perfil dos pacientes e as complicações mais comuns entre indivíduos submetidos à intervenção coronária percutânea. Métodos: estudo descritivo de corte transversal. Realizado com 200 pacientes de um hospital público do Sul do Brasil. Os dados foram coletados do prontuário eletrônico dos pacientes, no período de junho a setembro de 2018, utilizando-se um instrumento elaborado pelos pesquisadores. Resultados: a média de idade foi de 65,2 anos. Houve prevalência do sexo masculino (142 casos – 71%). Identificou-se que 53 (26,5%) pacientes já haviam realizado intervenção coronária percutânea anteriormente, 162 (81%) possuíam o diagnóstico de hipertensão arterial e 62 (31%) o de diabetes mellitus. Foi evidenciada a ocorrência de 40 casos (20%) de complicações, sendo o hematoma no local da punção (42,5%), sangramento após retirada do introdutor (12,5%) e diminuição da função renal (20%) as principais delas. Conclusão: o perfil dos pacientes era composto por homens, idosos, com doenças crônicas prévias. As principais complicações decorrentes da intervenção coronariana foram: hematoma no local da punção e diminuição da função renal. São necessários protocolos assistenciais que possam direcionar o cuidado ao paciente após a intervenção a fim de reduzir a ocorrência de complicações. Descritores: Doenças Cardiovasculares; Intervenção Coronária Percutânea; Cuidados de Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF-ING

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2596-0342