REVISTA PARANAENSE DE ENFERMAGEM (REPEN): A CRIAÇÃO DE UM VEÍCULO DE DIFUSÃO DO CONHECIMENTO EM SAÚDE

Mayckel da Silva Barreto

Resumo


Não há espaço para dúvidas que este é um momento marcante para a história do curso de enfermagem da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mandaguari (FAFIMAN). Justamente quando se comemora os 10 anos do curso, o departamento se reveste de força e disposição para lançar a Revista Paranaense de Enfermagem (REPEN). Acreditamos que o reconhecimento da pesquisa translacional é relevante para a melhoria da prática(1), bem como a maturidade do curso e a formação científico-acadêmica do corpo docente cooperam para que sejam oportunamente lançadas as bases estruturais para a criação deste veículo de difusão do conhecimento na área da saúde e da enfermagem.

Outrossim, nosso motivador para a criação desta revista está no entendimento de que é necessário proporcionar o compartilhamento de evidências de qualidade por meio de publicações científicas(2). Isto tem potencial para contribuir com o avanço da profissão e melhorar a assistência prestada, ao minimizar as distâncias geográficas e a importância das fronteiras, assim como ao estimular/fomentar a utilização das evidências científicas mais atuais e relevantes na introdução de mudanças que envolvem desde aspecto atinentes à prática cotidiana de trabalho, até aqueles relativos à saúde em âmbito global(3).

Nesse sentido, nossa missão será fomentar a produção e a disseminação do conhecimento da Enfermagem e áreas correlatas para o avanço do conhecimento científico e da prática profissional em saúde, por meio da publicação de artigos com elevado mérito científico. Publicaremos textos inéditos nos idiomas: português e inglês e eventualmente, em espanhol nas categorias: Artigo Original; de Revisão Sistemática; Relato de Experiência; e Ensaio Reflexivo. Destacamos que em decorrência da força da evidência científica as contribuições que se destinam a divulgar resultados de pesquisa original inédita terão prioridade em nossa publicação.

A partir deste primeiro volume publicado na internet, será solicitado junto ao Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) o ISSN (International Standard Seria Number) que consiste em um número internacional normatizado para publicações seriadas. Isto, por sua vez, nos permitirá a indexação em diferentes bases de dados, o que se reflete na ampliação da divulgação dos textos por nós publicados, alcançando um número maior de leitores, no Brasil e no mundo.

Buscando essa difusão mais globalizada, desde a primeira edição também contaremos com a versão em inglês dos artigos na íntegra. Deste modo, será possível que leitores e pesquisadores de diferentes nacionalidades possam ter acesso às informações contidas nos textos publicados, dando maior visibilidade às pesquisas veiculadas por nós, o que tem potencial para impactar na prática assistencial, no ensino e também na pesquisa.

Por fim, reiteramos que é sabido que para além de um momento de alegria e satisfação para todos os envolvidos neste projeto com a publicação de nossa revista, tem-se ao mesmo tempo, a plena convicção que muito trabalho está por vir. Assim, desafios constantes nos esperam. Contudo, quando há perseverança, trabalho em equipe e vontade de cooperar para o avanço científico da enfermagem os obstáculos podem ser superados um a um.

Agradecemos o interesse dos pesquisadores, docentes, discentes e profissionais de saúde em publicar em nossa revista, bem como ler, compartilhar e utilizar o conhecimento por nós veiculado. E, agradecemos a Instituição de Ensino Superior onde estamos inseridos por fornecer as bases de auxílio a este grupo de professores. Façam todos ótimo proveito da Revista Paranaense de Enfermagem (REPEN).

mayckelbar@gmail.com

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.